REVISTA BICICLETA - Aqueça seu inverno - Home Trainer e Ciclismo Indoor
Divulgue sua marca aqui!
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 82

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Saúde - Boa Forma

Aqueça seu inverno - Home Trainer e Ciclismo Indoor

Por Revista Bicicleta
33.664 visualizações
04/03/2015
Aqueça seu inverno - Home Trainer e Ciclismo Indoor
Foto: Kalinovsky / Depositphotos

O inverno está aí e com o tempo frio muitas pessoas deixam as atividades físicas de lado, especialmente as praticadas outdoor. Como a alimentação nessa época geralmente é mais calórica, a tendência é engordar. Só quando o frio dá uma trégua é que o exercício é retomado: todos querem ficar em forma para o verão.

Se você quer comer aquele fondue ou outra delícia gastronômica de inverno sem culpa, então, opte pelas atividades indoor e não perca o pique, mesmo no frio. Treinar no inverno também pode ser agradável, e o mais importante para a saúde e o condicionamento é dar continuidade ao exercício físico.

Giba Ambrogi, ciclista, mountain biker e professor da academia Bio Ritmo desde 1998, diz que “o exercício indoor é mais acessível ao grande público e oferece a oportunidade de treinar em horários e condições climáticas em que a prática outdoor seria mais restrita, como dias frios, chuvosos ou durante o período da noite”.

Um pouco de história

O longo inverno europeu motivou a criação dos rolos, em meados dos anos 1950. Enquanto a neve caia lá fora, os ciclistas podiam manter suas planilhas de treinos com esses aparelhos, o que é conhecido como Home Trainer (ou Cycle Trainer). Os rolos podem ser fixos (com a roda traseira travada em um bloco) ou de equilíbrio (as duas rodas ficam livres).

Com participação especial do lendário sul-africano Jonathan Goldberg, o Johnny G, e a evolução dos rolos, o ato de pedalar sem sair do lugar se popularizou.

Johnny já tinha alguma experiência como ciclista na África do Sul quando decidiu ir aos EUA tentar a sorte. A saga começou na década de 1970. Trabalhou como vigia de academia, manobrista e participou de provas de 24 horas de ciclismo. Empenhado em ser o primeiro ciclista a concluir a Race Across América - prova que corta os EUA de ponta a ponta - em menos de oito dias, ele construiu uma bicicleta estacionária para treinar e ao mesmo tempo ficar em casa com sua mulher, depois de ter fracassado na primeira tentativa, em 1987, por não estar preparado emocionalmente.

Pedalando cerca de 1.100 a 1.300 km por semana em treinos na sua bike estacionária, o objetivo foi alcançado em 1989. Foi quando Johnny percebeu que se o treino deu certo para ele poderia dar certo para mais pessoas. O protótipo caseiro começou a ser implantado em algumas academias e virou negócio em 1995.

O ato de pedalar em uma bicicleta estacionária ficou conhecido como Ciclismo Indoor, ou Spinning (cuja tradução literal é “girando”).

Continue em forma, no frio!

Se você costuma pedalar frequentemente mas tem “medo” do frio, o Ciclismo Indoor ou o Home Trainer podem ser boas opções para não deixar a atividade de lado no inverno. Da mesma forma que o ciclismo nas estradas ou trilhas, a atividade indoor ajuda a emagrecer, melhorar a resistência cardiovascular, definir e enrijecer vários grupos musculares; é um exercício aeróbico combinado com atividades neuromusculares.

Nos modelos mais avançados das bicicletas estacionárias, é possível simular subidas, descidas e terrenos com diferentes graus de dificuldade. Nas academias, é uma opção bastante procurada, por ser realizada em grupo e com muito entusiasmo. Inclusive, há quem opte pelo Ciclismo Indoor para se exercitar em qualquer ocasião, por achar mais seguro do que pedalar na rua.

Rolo fixo: a roda traseira fica presa em uma blocagem, assegurando o seu equilíbrio. Há dois roletes na roda traseira e a roda dianteira fica no chão. Essa opção deixa a bicicleta um pouco inclinada para a frente, então, há a opção de usar um nivelador na roda dianteira.

Rolo de equilíbrio (ou rolo triplo): são três roletes, sendo dois na roda traseira e um na roda dianteira. Nesse modelo, como a bicicleta fica solta sobre os roletes, o equilíbrio depende de você - o que é bom, porque vai ajudar a melhorar esse quesito.

Bike Indoor: é uma bicicleta estacionária, muito utilizada em academias.

Na atividade indoor também é mais fácil você testar posições e simular desafios fisiológicos e psicológicos que pode encontrar quando estiver pedalando por aí junto a carros, pedestres etc; é como se fosse uma reta sem fim. Mas, é claro, para trabalhar a parte técnica, só caindo na trilha ou na estrada!

Segundo Giba, “a prática indoor requer maior atenção com a hidratação, uma vez que a troca de calor com o ambiente é dificultada. Por isso, os treinos devem ser de no máximo 60 minutos. A intensidade por sua vez pode ser maior daquela que seria utilizada em um treino outdoor, já que ele será mais curto”.

Pessoas de diferentes faixas etárias e níveis de condicionamento podem adaptar um treino específico às suas necessidades. E se você não é ciclista mas curte uma academia, quem sabe o Ciclismo Indoor não te motive a investir numa bike? Depois de ser apresentado a uma boa trilha, é provável que você não queria mais parar de pedalar!

Dicas

Regule a bike para as suas medidas: altura do banco, guidão e distância entre eles. Muitas lesões estão associadas à má regulagem do equipamento.

Antes de iniciar a prática, aprenda a frear e não pare o equipamento sem o freio.

Tenha sempre ao seu alcance uma toalha de rosto e caramanhola para hidratação.

Pratique o ciclismo indoor com bermuda acolchoada, ou estude a opção de ter um selim com capa de gel.

Tenha um ventilador bem posicionado à sua frente.

Como você pedala sem sair do lugar, divida a atenção do treino com uma boa música, um programa de esporte, enfim, algo que te motive, para não cair na monotonia.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados