REVISTA BICICLETA - Bicicleta I.N.
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 79

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Raridades

Bicicleta I.N.

Revista Bicicleta por Valter F. Bustos
34.672 visualizações
23/11/2013
Bicicleta I.N.
Foto: Valter F. Bustos

A pergunta mais comum e recorrente que ouvimos no MuBi/Joinville é: “Qual a bicicleta mais antiga do museu?”. Na condição de monitores ou no atendimento aos visitantes, respondemos que a bicicleta mais antiga não significa que seja a mais interessante ou rara. Essa é uma situação de simples explicação e sem nenhuma complexidade, pois, uma bicicleta por mais antiga que seja, existe a possibilidade de encontrarmos uma ou mais do modelo seja nas mãos de antigos proprietários ou colecionadores. Ademais, de concreto, sabemos que foram veículos produzidos em série, dentro ou fora do país. No entanto, quando falamos de “peça única”, estaremos, verdadeiramente, falando de uma raridade. 
Por essa razão, fato que nos qualifica e alegra muito, o Museu da Bicicleta de Joinville, o “MuBi”, possui em seu acervo 28 bicicletas nessa condição privilegiada. São peças que foram produzidas pelo artista plástico paulista Israel Nicolau que, além de grande amigo, é figura carimbada no mundo das duas rodas, com passagens pelos famosos programas de entrevistas nas telinhas de Sampa, detentor de vários recordes em sua especialização; além de respirar bicicletas todos os dias. Outro detalhe que agrega valor às suas peças é que Israel emprega, exclusivamente, material reciclado em suas bicicletas. 

Trabalhando em seu atelier, ele aproveita das bicicletas convencionais a caixa de direção superior e inferior, movimento central e as gancheiras para as rodas dianteira e traseira. O resto vem de sua imaginação e criatividade quase ilimitadas. 

Os demais materiais ou componentes do projeto, ele vai buscar em desmanches e ferros-velhos na forma de restos de perfis metálicos, camas tubulares, ferro de construção de várias bitolas, porcas, argolas, correntes; qualquer que possa ser soldada ou colada, nas mãos de Israel Nicolau se transforma numa bicicleta única. 

De suas mãos, nada sai ao acaso. Cada novo projeto é pensado, transferido para o papel e executado. Por outro lado o domínio da geometria de uma bicicleta (cortes, ângulos e aberturas), tornam cada bicicleta uma joia, e, mecanicamente falando, correta e funcional. Das peças que possuímos no MuBi, foi selecionada a “IN-Argolas”; concebida com sobra de cortes ou acertos de tubos metálicos. Essas peças conflitam, no bom sentido, com as bicicletas antigas em exposição, pois chamam muito a atenção de nossos visitantes. Ademais, elas fazem um contra-ponto entre o inusitado da criação ousada e desafiadora, com o clássico desenho das bicicletas dos anos 40 e 50 do século passado. Por sorte, nesse ambiente surge o encantamento de nossos visitantes com o que vê e sente, claro, todos apaixonados por bicicletas.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados