REVISTA BICICLETA - Ciclofaixa de Lazer em São Paulo
MPRO
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 85

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Mobilidade

Ciclofaixa de Lazer em São Paulo

Inaugurada em 2009 por iniciativa da Bradesco Seguros e da Prefeitura de São Paulo, a Ciclofaixa de Lazer disponibiliza aos paulistanos 120,7 km de vias aos domingos e feriados.

Revista Bicicleta por Anderson Ricardo Schörner
33.427 visualizações
02/04/2015
Ciclofaixa de Lazer em São Paulo
Foto: FPCiclismo / Divulgação

Em 2009, pressionada pela morte de ciclistas e pela ausência de infraestrutura cicloviária, São Paulo lançou as Ciclofaixas de Lazer. A ideia é fechar algumas faixas de rodovias para automóveis, aos domingos e feriados, em um horário determinado, e oferecer aquele espaço às pessoas para um deslocamento ativo. Na capital paulista, o horário é das 7 h às 16 h. Estas vias são demarcadas com pintura e, além disso, 19 mil cones são utilizados para enfatizar a sinalização, distribuídos ao longo das vias por 1.000 voluntários capacitados pela CET – Companhia de Engenharia de Tráfego, que contribuem também supervisionando as principais faixas de travessia e cruzamentos do percurso. Cerca de 120 mil pessoas utilizam as Ciclofaixas de Lazer a cada domingo e feriado. Estima-se que 20 milhões de viagens de bike já tenham sido realizadas desde a sua inauguração.

Com cinco anos completados em 2014, o objetivo deste modelo é incentivar o uso da bicicleta e viabilizar o lazer no espaço público. Apesar de não ser uma infraestrutura permanente, para uso durante a semana em deslocamentos diários, a Ciclofaixa de Lazer cumpre o seu papel recreacional. Estimula uma atividade saudável, barata e dentro da cidade, interagindo com o cenário urbano de outra forma despercebido e com as outras pessoas. É, portanto, uma forma de promover a igualdade e a interação social, tendo em vista a característica democrática e acessível da bicicleta.

Elas também contribuem para que mais pessoas despertem para a possibilidade de utilizar mais a bicicleta, nos mais diversos cenários e para os mais diversos fins. Alguém que tem vontade de começar a usar a bicicleta mas tem medo de pedalar no espaço urbano, pode “quebrar o gelo” começando pelas ciclofaixas.

Outras cidades brasileiras também possuem modelos semelhantes, assim como há exemplos internacionais. Bogotá, na Colômbia, é uma das referências neste quesito. Na capital colombiana a ideia surgiu em 1974 e interdita avenidas inteiras. 

Um interessante infográfico elaborado pela prefeitura paulista, com informações de pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest, mostra mais alguns detalhes destes cinco anos das ciclofaixas em São Paulo.

Deveres e restrições aos usuários da Ciclofaixa de Lazer de São Paulo:

Deveres:

1 - Respeitar as determinações dos monitores em serviço;
2 - Observar comunicações e alertas constantes de placas indicativas e sinalizações verticais, horizontais e semafóricas instaladas ao longo do percurso da Ciclofaixa;
3 - Cumprir e zelar para que sejam obedecidas integralmente as normas deste regulamento e do Código de Trânsito Brasileiro;
4 - Comunicar qualquer irregularidade observada aos monitores da Ciclofaixa, imediatamente no local, ou posteriormente por um dos canais de atendimento;
5 - Preservar a vegetação existente ao longo do percurso;
6 - Manter a limpeza e a conservação, depositando lixo e detritos sempre nos recipientes específicos para a coleta.

Restrições:

1 - Utilizar a Ciclofaixa de Lazer a pé, exceto pais ou responsáveis que estejam acompanhando ciclistas menores de 12 anos;
Este pedestre responsável e a criança deverão manter-se junto à guia da Ciclofaixa de Lazer, estando o responsável posicionado atrás do menor e de preferência na calçada ou no canteiro central, tendo como referência o sentido de circulação.
2 - Utilizar motocicletas ou equivalentes com propulsão à combustão;
3 - Utilizar veículos tracionados por animais;
4 - Utilizar a Ciclofaixa para prática de atividades esportivas que não sejam exclusivamente para a finalidade de lazer;
5 - Colocar em risco a segurança de outros com excesso de velocidade, condução perigosa e agressiva, circulação no contra-fluxo, condução de passageiro fora da garupa ou assento especial a ele destinado, transporte de crianças fora das cadeiras específicas com cinto de segurança, transporte de carga incompatível com suas especificações etc.;
6 - Ultrapassar as delimitações das áreas da Ciclofaixa de Lazer, circulando fora da demarcação dos cones;
7 - Ultrapassar a velocidade de 20 km/h;
8 - Entrar ou sair da Ciclofaixa fora das faixas de travessia e das portarias disponíveis nos parques na Ciclofaixa de Lazer;
9 - Parar para descansar nos parques fora das áreas destinadas a esta finalidade, causando obstrução ao trânsito de bicicletas;
10 - Transportar volumes com dimensões incompatíveis à prática de ciclismo ou que cause risco ou transtorno aos demais usuários;
11 - Empinar pipas e utilizar linhas cortantes em qualquer local;
12 - Vandalizar, danificar, sujar, escrever, pichar e desenhar nas paredes, muros e equipamentos, bem como subtrair ou danificar bens patrimoniais públicos, como cones e cavaletes, bandeiras e outros usados para demarcação do percurso;
13 - Entrar e circular com animais, exceto quando em suportes específicos acoplados a bicicleta;
14 - Realizar eventos promocionais;
15 - Utilizar ou associar nomes ou marcas na Ciclofaixa para fins comerciais, exceto as do patrocinador;
16 - Comercializar ou distribuir mercadorias ou impressos, inclusive nos acessos e no entorno da Ciclofaixa de Lazer;
17 - Apresentar espetáculos e shows de qualquer natureza; 
18 - Realizar exibições, exposições de produtos e serviços eminentemente comerciais ou promocionais, com ou sem distribuição de impressos, que configurem, de qualquer modo, o lançamento, divulgação, sustentação no mercado ou propaganda de cunho particular;
19 - Filmar ou fotografar com fins publicitários ou comerciais, exceto em casos previstos em lei e devidamente autorizados pela SMT/CET/SEME;
20 - Colher ou danificar flores, frutos, mudas e plantas. 

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados