REVISTA BICICLETA - Energia no dia a dia
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 78

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Ideias - Sustentabilidade

Energia no dia a dia

Revista Bicicleta por José Carlos Armelin
34.526 visualizações
24/10/2013
Energia no dia a dia
Foto: Divulgação

Quando se fala em energia, a maioria das pessoas pensam em energia elétrica. Mas as fontes de energia de que necessitamos para manter o nosso estilo de vida atual são várias, que vão do alimento ao petróleo. O tema é tão importante que ganhou um dia especialmente criado para reflexões sobre o tema, o Dia Mundial da Energia, comemorado todos os anos em 29 de maio.

Antes de falarmos sobre as fontes de energia, vamos definir o que é energia no sentido físico. Energia é a capacidade de realizar trabalho, manifestada em forma de calor, luz ou movimento. Máquinas consomem energia para realizar o seu trabalho. Os automóveis utilizam petróleo ou etanol para se movimentar, humanos e animais consomem alimentos para se aquecer e locomover, lâmpadas utilizam eletricidade para iluminar etc.

Quando olhamos para dentro de nossas casas, observamos uma matriz energética formada por pelo menos seis itens. Na cozinha, o gás GLP, por todos os cantos a eletricidade, na despensa os alimentos, na garagem do automóvel o petróleo ou etanol, e no quintal o sol e o  vento pouco utilizados. A tabela a seguir mostra o consumo per capita mensal no Brasil, conforme uma pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL):

A tabela acima não nos permite fazer a comparação entre uma fonte de energia e outra, por possuírem unidades de medidas diferentes. Então, vamos analisar uma outra tabela com dados unificados, todos em kWh, para conhecer e comparar melhor nosso consumo de energia mensal:

Há 100 anos atrás tínhamos uma população de 1,6 bilhão e nosso consumo per capita mensal não chegava a 200 kWh, gastos em comida, lenha e carvão mineral. Esse aumento no consumo de energia em nosso planeta tem colocado em risco a sobrevivência no planeta.

Outro dado apontado na tabela é que 65% das energias que consumimos no Brasil vem de fontes não renováveis baseadas nos derivados de petróleo, material ainda em abundância, de extrema potência energética e relativamente barato, que nos deu super poderes, permitiu que fôssemos capazes de vencer distâncias entre São Paulo e Manaus em 3,5 horas, bem diferente dos 90 dias de nossos antepassados. Apesar de tantas vantagens do petróleo, hoje ele está por detrás dos altos índices de poluição atmosférica e dos oceanos, apontado como o principal causador do aquecimento global, nos empurrando para a busca de fontes alternativas de energia renováveis vindas das marés, bem como a energia eólica e solar.

O Brasil é destaque mundial no quesito energia, compondo sua matriz com 35% renovável, formada especialmente pelas hidrelétricas e etanol. Na grande maioria dos outros países, a energia renovável não chega a 10%.

O mundo que nos aguarda deverá ser simples e sustentável, com poucos recursos energéticos, como viviam nossos antepassados que inventavam e recriavam o que gratuitamente a natureza fornecia. Muitas pessoas trabalharão em suas casas via internet, evitando o uso de transporte coletivo ou individual, terão bicicletas para superarem curtas distâncias. Suas casas serão autossuficientes em energia, vindas de captadores solares e eólicos, administrados pelo próprio morador. O consumismo será convergido para o necessário, a felicidade e a paz da humanidade serão fundamentadas na harmonia, respeito e compreensão aos limites da natureza.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados