REVISTA BICICLETA - HANDMADE - Um laboratório de tendências
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 78

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Cycle Chic

HANDMADE - Um laboratório de tendências

Revista Bicicleta por Zé Mário
1.891 visualizações
13/06/2017
HANDMADE - Um laboratório de tendências
Foto: Zé Mário

Junto com o mercado de ciclismo que borbulha no país, está se erguendo o universo do "feito à mão", que atende uma gama de ciclistas que anseiam por itens raros e exclusivos, de peças para restaurar bicicletas antigas a framesets e componentes que a indústria e importadoras não têm por aqui ainda.

Atualmente é possível encontrar profissionais que entregam diversos produtos, como quadros/garfos em cromoly sob medida, selins e outros acabamentos em couro (essa parte sou eu quem cuida, com a SRD – Sem Raça Definida), alforjes e bikepacking com tamanhos e funções especiais, móveis para expor sua bicicleta como decoração etc. Um mundo à parte que já conta com inúmeros empreendedores apostando no amadurecimento desse nicho, e que tem tudo para crescer e se estabelecer no Brasil.

Em mercados mais consolidados, o "feito à mão" tem sua devida relevância, com publicações, feiras e exposições, como a Bespoked UK Handmade Bicycle Show (Inglaterra) e a NAHBS - North American Handmade Bicycle Show (Estados Unidos). E essa importância também se demonstra como um laboratório para tendências de mercado, onde a indústria vê novas demandas e as incorpora em seu portfólio. Exemplo disso são as adventure bikes (bicicletas gravel e off road tourings) e o bikepacking, que estão ganhando força como novos produtos.  Para a linha 2017 de muitas marcas, não será difícil encontrar bicicletas e acessórios desse tipo.

Ok, mas como é sobreviver como empreendedor no mercado de bicicletas?

Sou publicitário por formação, completei a graduação em 2011. Comecei a me dedicar somente à produção da SRD em agosto de 2014, após ser demitido. Eu já tinha a marca há um ano e meio, então já tinha produtos desenvolvidos e alguns clientes. Todas as minhas forças passaram a se concentrar nisso. Desde então foram muitos os aprendizados, em todos os sentidos: como melhorar o produto, criar novos itens para o portfólio, cuidar das redes sociais, cuidar de e-commerce etc.

Mas se tem um aspecto que está sendo o maior desafio é: empreender. Tudo que escrevi a respeito de como foi me dedicar apenas a SRD estava na primeira pessoa, mas o caso é aplicável para muitos empreendedores que surgiram no setor. Administrar é um grande desafio, gerenciar seu tempo, suas encomendas, estoque, envios, atender clientes etc. E o principal: arranjar tempo para poder pedalar!

Este é o primeiro texto de uma série, que vai apresentar o que já é possível encontrar no mercado brasileiro de produtos "feitos à mão" e o principal: quem faz!

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados