REVISTA BICICLETA - Peixeiro, atleta de mountain bike e campeão
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Janeiro / Fevereiro 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 70

Assine

Revista Física
Revista Virtual



+bicicleta - Ideias - Superação

Peixeiro, atleta de mountain bike e campeão

Conheça a história de Claudiomir Dias

Revista Bicicleta por Murilo Rezende
3.860 visualizações
14/11/2016
Peixeiro, atleta de mountain bike e campeão
Ao lado do multicampeão Odair Pereira, atleta de 42 anos venceu o Warm Up Brasil Ride em Florianópolis na categoria Dupla Master.
Foto: Claudiomir Dias / Arquivo Pessoal

Acordar cedo, pegar a bicicleta e partir para o pedal. Depois disso, descansar, afinal ainda terá que encarar uma seção de treinamentos na parte da tarde. Pode até parecer, mas essa não é a rotina de um atleta profissional de mountain bike, speed ou downhill. Esse é o cotidiano de Claudiomir Dias, o Peixeiro, um apaixonado por esporte que, aos 42 anos, carrega uma história incrível.

Superação todos os dias

Claudiomir vive com o fruto do seu trabalho, vendendo peixes pelos municípios vizinhos a Florianópolis, em Santa Catarina, na parte da manhã. Ele levanta cedo para buscar a mercadoria direto na mão dos pescadores da região. Então, ele os limpa, faz os filés, coloca tudo na bicicleta e, pedalando, vende pelas estradas de terra de Tijucas, Porto Belo e Itapema. A renda complementa o ganho mensal do pai, catador de latinha, ajudando no sustento de sua família.

Paixão pela bicicleta

Depois das vendas, Claudiomir vai pra casa, almoça e descansa para encarar o treino da tarde. São aproximadamente 100 km por dia, cerca de 450 km de pedal por semana. Em uma dessas seções, o Peixeiro encontrou com o dono de uma loja de bicicletas que lhe ofereceu uma grande oportunidade.

“Eu me lembro muito bem de encontrar o Cláudio enquanto pedalava. Então, convidei ele para disputar uma prova que eu ajudava a organizar. Ele negou, pois não tinha dinheiro para a inscrição. Eu vi o talento e a disposição dele. Então, eu tive que insistir afirmando que ele não precisaria pagar. Depois da conversa ele topou”, conta Gean Hoffmann, sócio e proprietário da Cicles Hoffmann e um dos apoiadores de Claudio. 

Com sua bicicleta aro 26, ele desbancou os adversários um a um até terminar na segunda colocação.

“Ele só perdeu aquela disputa porque a bicicleta era bem limitada mesmo. Então, peguei uma Scott da loja e dei para ele. Desde então, os resultados vieram e ainda temos uma parceria muito bacana. Ele é uma pessoa conhecida por todos aqui na região. Sua história é bonita e todos torcem muito por ele”, completa Hoffmann.

Parceria com Odair Pereira 

A amizade com Hoffmann trouxe outra grande chance ao Peixeiro. Foi ele quem indicou o atleta para ser parceiro do multicampeão Odair Pereira na campanha vitoriosa que rendeu aos dois o título de campeões do Warm Up Brasil Ride 2016 na categoria Dupla Master. 

“Foi uma experiência incrível. Ótimo parceiro durante a prova, ele sempre estava andando junto comigo. Nós dois tivemos nossas dificuldades, mas a gente sempre se ajudava muito. O preparo físico dele me deixou impressionado. Sem falar que até nos momentos de mais tensão e dificuldade, nos trechos com lama e tudo mais, ele sempre estava sorrindo e cumprimentando todos em volta. Foi uma prova boa e uma experiência muito bacana”, analisa Odair Pereira.

Fã e ídolo lado a lado

Se foi incrível para um atleta experiente como Odair Pereira, imagina para o próprio Peixeiro que encarou uma competição de alto nível ao lado de um ídolo. Claudiomir conta um pouco dessa vivência.

“Foi inesquecível. Em primeiro lugar porque estou acostumado a andar de 26 e o Gean me emprestou uma Spark 900 RC, que nunca tinha corrido. Com ela, eu andei fácil demais. Mesmo com um terreno difícil e a montoeira de lama, foi uma prova incrível pra mim. No final, todo mundo aplaudiu a gente. Eu gostei demais. Competir ao lado do Odair é show de bola. É um cara muito humilde. Nem parece que tem tantos títulos no currículo. Não é todo mundo assim. Brincamos muito e já avisei: se ele quiser um parceiro de treinos, é só me ligar. Pode contar comigo!”, conta o Peixeiro de bom humor.

Superação. Essa é a palavra que descreve a história de Claudiomir Dias, vendedor de peixes de 42 anos que consegue vencer os desafios da sua vida com respeito ao próximo e amor ao esporte, especialmente à bicicleta.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados