REVISTA BICICLETA - Perda de peso e ciclismo
Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Maio - Junho 2017 da Revista Bicicleta!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 78

Leia

Revista
Bicicleta



+bicicleta - Saúde - Alimentação

Perda de peso e ciclismo

Que o ciclismo é uma atividade altamente desgastante nós já sabemos, mas como posso utilizar a bike para me ajudar na perda de peso caso eu não seja um atleta de elite?

Revista Bicicleta por Raphael Lombardi / CRN: 17100663
4.294 visualizações
18/08/2017
Perda de peso e ciclismo
Foto: Anaumenko / Depositphotos

O ciclismo, se levado a sério, pode ser um excelente meio para quem quer perder uns quilinhos, não é difícil ouvirmos relatos de que fulano emagreceu só pedalando. Afinal, uma hora de ciclismo pode queimar tranquilamente 500 a 800 kcal, dependendo da intensidade. Mas não é bem assim. O ciclismo pode sim ser uma excelente atividade que auxilie o emagrecimento, mas para que esse processo de fato ocorra precisamos de uma coisa chamada: balanço energético negativo. 

Imagine que nosso corpo seja uma balança e que de um lado temos o que consumimos via alimentação e do outro lado temos o que gastamos diariamente para trabalhar, nos exercitar e desempenhar nossas funções vitais. Se colocarmos peso somente do lado que consumimos, certamente a balança não ficará em equilíbrio. O mesmo ocorre com nosso corpo. Se consumirmos muitos alimentos e não gastarmos toda aquela energia, isso irá ser convertido em gordura e consequentemente no aumento de peso. Para perda de peso também ocorre o mesmo processo. Se gastarmos mais energia e consumirmos menos alimentos que nosso corpo precisa, a perda de peso irá ocorrer.

Portanto saiba equilibrar o consumo e o gasto energético de acordo com seu objetivo. Um erro comum de quem entra para o ciclismo é achar que pelo alto gasto calórico da atividade, o consumo de alimentos pode ser aumentado desenfreadamente, ou achar que não necessita de um ajuste na dieta, e consequentemente o aumento de peso irá acontecer. O mesmo ocorre com quem treina muito e precisa de um alto consumo calórico que muitas vezes não pode ser atingido com facilidade, a consequência disso a médio-longo prazo pode ser a perda de peso, perda de performance, aumento das chances de lesão, baixa imunidade e alguns outros problemas que podem impedir o período de treinamento.

Então, se você quer perder peso a dica é: mantenha uma alimentação adequada com menos quantidade de comida e maior fracionamento das refeições, o famoso: “comer de três em três horas” , pois assim as chances de sentir fome diminuem e as chances de exagerar na quantidade de alimento que vai colocar no prato também são menores; treine com regularidade e mantenha um esforço entre 65-80 % da sua capacidade cardíaca, pois essa é a faixa em que nosso corpo utiliza gordura como fonte de energia; durma bem e consuma frutas e vegetais.

Consuma folhas a vontade (alface, chicória, agrião, rúcula...), pois além de serem fontes de fibras, terem pouquíssimas calorias e melhorarem a função intestinal, elas podem trazer a sensação de saciedade mais rapidamente devido ao volume que irá ocupar no estômago e por necessitar de uma maior mastigação para conseguir engoli-las. 

Consumir proteínas e gorduras boas (abacate, óleo de coco, azeite...) também é uma excelente estratégia devido ao fato do organismo necessitar de maior “trabalho” para digerir esses alimentos, causando assim a sensação de maior saciedade. Experimente logo pela manhã consumir ovos e uma porção de abacate e veja como ficará saciado por bastante tempo. Aumentar o consumo de proteínas em processos de emagrecimento é recomendável para se evitar a perda de massa magra em dietas hipocalóricas. Não se esqueça de que nosso tecido muscular é extremamente ativo e é o que mantem nosso organismo acelerado. Se perdermos massa magra, logo nosso metabolismo desacelera, o que dificulta o processo de emagrecimento.

Alguns compostos como cafeína, extrato de chá verde, taurina e capsaicina podem ajudar na termogênese e na mobilização das moléculas de gordura para a mitocôndria, onde em tese a gordura será utilizada como combustível, porém, eles sozinhos não irão fazer milagre se sua dieta não estiver ajustada adequadamente.

É indiscutível que em processos de perda de peso devemos evitar ao máximo alimentos provenientes de fast-foods, doces, e o consumo desenfreado de carboidratos industrializados como açúcar, biscoitos, lanches rápidos em padarias ou lanchonetes. Uma das melhores estratégias para o processo de emagrecimento é preparar sua alimentação no dia anterior. Sei que muitas vezes levar marmitas ou lanches de casa pode ser um processo complicado devido a logística de transporte, principalmente para quem utiliza os meios públicos. Mas garanto que se você conseguir planejar pelo menos três refeições (lanche da manhã, almoço e lanche da tarde) e levar para seu trabalho, isso irá ajudar muito no seu desenvolvimento, além de economizar aquela graninha no final do mês por se evitar comer em lanchonetes e restaurantes todos os dias.

E por último, não caia nas propagandas que a mídia “fitness” tenta implantar a todo instante. Os vilões que estavam na moda eram o glúten e a lactose. E por que teoricamente as pessoas emagrecem ao retirarem da dieta alimentos que possuem essas características? Simples, por que retirando produtos como pães, pizzas, queijos gordos, massas, sorvetes e tudo o que leva glúten e lactose, as pessoas diminuíam seu consumo de calorias criando um balanço energético negativo que se traduz na perda de peso. Por outro lado, poderiam criar deficiências em ingerir alimentos ricos em fibras, fontes de vitaminas e minerais e proteínas como: aveia, pães integrais, iogurtes, leite, grãos.

Se você deseja perder uns quilinhos de forma saudável procure ajuda profissional com um nutricionista e se exercite diariamente. Não faça essas dietas malucas da moda para não prejudicar sua saúde e evitar o “efeito rebote que esses planos proporcionam, fazendo você ganhar peso em dobro quando parar de seguir tal dieta.

Procure sempre orientação profissional para alcançar seus objetivos de forma eficaz e duradoura. Abraços do nutri! 

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados