REVISTA BICICLETA - Bridgestone apresenta uma bicicleta sem ar nas rodas

Baixe Gratuitamente a Edição Digital de Março / Abril 2017 da Revista Bicicleta!
Capacete Bell Super 3R

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 72

Assine

Revista Física
Revista Virtual



Notícias

Bridgestone apresenta uma bicicleta sem ar nas rodas

A empresa lança um protótipo de rodas que não precisam de câmara de ar

180 visualizações

Bridgestone apresenta uma bicicleta sem ar nas rodas
Foto: Divulgação

Os fãs do ciclismo conhecem bem a desagradável experiência: um pneu furado é sempre indesejável e, dependendo da situação, pode complicar o trajeto. Até agora, o jeito tem sido consertar o estrago, mas a fabricante de pneus Bridgestone pode ter colocado um fim à inconveniência do pneu furado definitivamente. A empresa acaba de anunciar um protótipo de roda que não precisa de câmara ar, sem com isso perder um pingo em benefícios, afirma. O produto será colocado à venda em 2019.

A Bridgestone apresentou uma tecnologia batizada de Air Free Concept, que dispensa o uso de ar como suporte para a roda da bicicleta. A nova roda foi desenvolvida pela unidade Bridgestone Cycle e tem como base uma série de aros que suportam o peso do veículo e que foram inspirados em um protótipo apresentado pela empresa em 2013, com o objetivo de serem usados na indústria automotiva. A principal vantagem desta tecnologia é que requer pouca manutenção por parte do usuário, já que, por não precisar de ar, não é necessário verificar a pressão e, como já apontado, elimina a possibilidade de perfurações.

A outra vantagem da Air Free é que os materiais usados são totalmente recicláveis e o impacto no mercado será tal que, de acordo com a fabricante, veremos no futuro “uma nova geração de bicicletas”. O design desta nova roda permite que os aros absorvam as irregularidades do terreno mantendo a estrutura original, sem que o usuário precise se preocupar com manutenção. O conceito da Air Free também pode ser aplicado a diferentes dimensões de rodas. Como destacado, se nada der errado, veremos as primeiras rodas no mercado dentro de dois anos. As rodas chegariam a tempo de estrear nas Olimpíadas de Tóquio, que serão realizadas em 2020; um prova de fogo que poderia testar seu desempenho real e as vantagens de sua utilização.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Vídeos

 

 

Para fechar o banner, clique aqui ou tecle Esc.

Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados