REVISTA BICICLETA - Chris Froome nega uso intencional de doping e se diz inocente
Divulgue sua marca aqui!
Pneus Kenda

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 79

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Chris Froome nega uso intencional de doping e se diz inocente

Atleta declarou que provará sua inocência no decorrer de processo

Por R7
21.769 visualizações

Chris Froome nega uso intencional de doping e se diz inocente
Chris Froome
Foto: Getty Images

O ciclista britânico Chris Froome, quatro vezes campeão da Volta da França, declarou na quinta-feira (14/12/2017) em entrevista coletiva não ter feito intencionalmente o uso de doping e afirmou que acredita que o processo o inocentará.

"Sei que dentro de mim fundamentalmente eu segui o protocolo e eu acredito não ter ultrapassado nenhum limite. Espero que até o final deste processo, que será claro para todos, eu serei exonerado de qualquer transgressão", afirmou.

A União Ciclística Internacional (UCI) anunciou oficialmente na quarta-feira (13/12/2017) que Froome foi reprovado em exame antidoping realizado em setembro durante a Volta da Espanha. No entanto, optou por não puni-lo preventivamente. A entidade pediu apenas que o atleta forneça mais informações após teste realizado durante a competição apontar o uso, em alta quantidade, de uma substância que está em um medicamento normalmente prescrito para combater a asma.

As declarações de Froome foram feitas em coletiva promovida pela sua equipe, a Sky, que também confirmou o resultado positivo do exame. As amostras de urina revelaram concentração de salbutamol de 2.000 nanogramas, o dobro do que é permitido pela UCI.

"Fui testado durante todos os dia durante a corrida, porque sempre estive na liderança. Sabia que teria que fazer os testes", afirmou. "Nós também temos todos os detalhes do meu dia a dia dentro da equipe: o que eu comi todos os dias, quantas vezes parei para fazer xixi. O detalhe que podemos fornecer é vasto", prosseguiu.

RIVAL INDIGNADO - O ciclista alemão Tony Martin se mostrou indignado com a postura da UCI, que optou por não suspender Froome e dar tempo para ele se explicar.

"Estou muito bravo", postou no Facebook. "Outros atletas são suspensos imediatamente depois de testar positivo. Ele e sua equipe estão tendo tempo para se explicar. Não tenho notícia de algum caso similar a esse. Isso é um escândalo e ele não poderia ser autorizado a disputar qualquer campeonato mundial. Será que ele e a equipe dele têm uma posição especial?", emendou.

A UCI não se pronunciou sobre essas acusações. Em comunicado oficial, a Sky informou que Froome precisou de uma dose a mais da medicação por ter tido uma crise asmática, mas que a dose não havia sido dada além do permitido pela entidade.

Curtiu esse post?

Quer receber mais conteúdo sobre bicicleta e ciclismo em sua casa? Então clique aqui conheça nossas ofertas de assinatura.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados