REVISTA BICICLETA - Italiano Marzio Deho supera condições extremas e é o vencedor do Cipó Cup 2018. Prova uniu resistência física a belos visuais
Divulgue sua marca aqui!
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 83

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Italiano Marzio Deho supera condições extremas e é o vencedor do Cipó Cup 2018. Prova uniu resistência física a belos visuais

Revista Bicicleta por / Divulgação
5.111 visualizações

Italiano Marzio Deho supera condições extremas e é o vencedor do Cipó Cup 2018. Prova uniu resistência física a belos visuais
O italiano Marzio Deho, vencedor do Cipó Cup 2018
Foto: © Adilmar Santos

Que seria um desafio e tanto a edição inaugural, em 2017, já havia mostrado. Mas que as condições se tornariam ainda mais extremas com as baixas temperaturas os ciclistas só puderam constatar durante a disputa do Cipó Cup MTB Challenge 2018. A combinação entre frio e pouca visibilidade numa região de muita umidade, com cursos d’água e cachoeiras entre as montanhas da Serra do Cipó (fatores somados à falta de combustíveis provocada pela paralisação nacional dos caminhoneiros) levou a organização a optar pelo cancelamento dos dois últimos dias de prova, transformados em passeio não competitivo. O que em nada tirou o brilho da prova, bem como da conquista do italiano Marzio Deho, que veio, viu, pedalou e venceu.

Na quarta-feria, dia do prólogo, com cinco voltas em torno de um percurso de 3,88 quilômetros, os ciclistas das categorias Solo e Duplas encontraram temperatura mais amena e um visual estonteante para o primeiro contato com a prova, com um aperitivo do que viria pela frente. E já no primeiro teste Deho, da equipe Olympia Factory Team , mostrou sua força como um dos grandes nomes do circuito de maratonas internacionais de mountain bike, superando Sílvio Amorim, campeão Pan Americano e Sul Americano de mountain bike, e o multiatleta brasiliense Alexandre Manzan, campeão do X-Terra e vice da Copa do Mundo de Triatlo nos anos 1990.

O dia seguinte reservava 69 quilômetros com direito a travessia de balsa pelo Rio Parauninha, seguindo para o Rasgo da Égua, sentido Serra do Intendente. Apesar da temperatura mais baixa e da neblina constante, os atletas encararam as trilhas até no Canyon do Peixe Tolo, uma incrível fenda encravada nas montanhas do médio Espinhaço onde foram recebidos depois de tanto esforço com um jantar mineiro autêntico. O italiano ampliou a vantagem, seguido novamente por Amorim e Manzan. Nas duplas, melhor para Nélio Ribeiro Jr. e Lucas Mendes.

Mas foi na sexta-feira que os ciclistas encararam a principal pedreira desta edição, com 114 quilômetros, desníveis constantes, chuva e mais frio. Deho, novamente o mais rápido, precisou de sete horas e 33 minutos para completar o percurso, seguido agora por Manzan, com Sílvio Amorim em terceiro. Houve quem, embora bem preparado, gastasse o dobro de tempo para fechar a distância. À noite, diante da perspectiva de piora das condições climáticas e com os problemas de logística provocados pela falta de combustível, a organização da prova, após consulta com os atletas, optou por paralisar ali a prova e determinar os vencedores com base na classificação dos três dias. Destaque para a participação do paulista Marcelo Soares, o Mixirica. Amigo de longa data do organizador Antônio Gonçalves, o Ticorico, ele deu um exemplo de superação ao ir e voltar para casa pedalando, não satisfeito com o que a maratona já reservava de dificuldades. Acabou premiado com a sétima posição na Solo.

O 2º Cipó Cup MTB Challenge teve o patrocínio de Cannondale, Molaço e Prefeitura Municipal de Conceição do Mato Dentro; apoio de Exceed, Adrena Esporte e Aventura, On off, Motul, Jet Adventure e Bend Beer e apoio de Serra do Espinhaço - Reserva da Biosfera; prefeituras municipais de Itabira, Morro do Pilar e da Federação Mineira de Ciclismo. A organização foi da Pedal Verde e Trans Espinhaço. O site oficial da prova é o http://www.cipocup.com.br

Cipó Cup MTB Challenge 2018

Classificação final

Solo

  1. Marzio Deho (ITA) 13h01min18s
  2. Alexandre Manzan (BRA)     14h13min40
  3. Sílvio Amorim (BRA) 14h32min16
  4. Gabriel Domeniconi (BRA)    16h47min18
  5. Elton Cardoso (BRA) 17h14min58

Duplas

  1. Nélio Ribeiro Jr./Lucas Mendes        17h00min06
  2. Guilherme Bonésio/Bernardo Mattos           20h10min38
  3. Rodrigo Andrade/Tomás Lapertosa  21h39min57
  4. Jayme Alves Filho/Rodrigo Mioni      22h32min39
Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados