REVISTA BICICLETA - Lançada nova geração de componentes Shimano Steps de bikes elétricas para ciclismo urbano e off-road
MPRO
Sapatilha Berm

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 87

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Lançada nova geração de componentes Shimano Steps de bikes elétricas para ciclismo urbano e off-road

Ergonomia e eficiência da unidade motriz melhorada, conectividade do ciclo computador estendida e cubo interno dedicado para e-bikes são novidades no lançamento da série Steps E6100

Por ZDL
4.899 visualizações

Lançada nova geração de componentes Shimano Steps de bikes elétricas para ciclismo urbano e off-road
E6100 para trekking
Foto: Divulgação

Tanto para quem vê uma e-bike como um substituto prático e barato para o automóvel, ou como uma alternativa saudável e divertida para impulsionar o pedal diário, a Shimano acaba de lançar uma série de novos recursos tecnológicos para alegrar a sua pedalada. Uma nova geração de componentes Shimano Steps de bikes elétricas para ciclismo urbano e off-road leve, o Steps E6100.

Com opção de potência de uma nova bateria de 418Wh ou, com a atual de 504Wh (watt-hora), a unidade motriz Shimano Steps E6100 (DU-E6100), que foi totalmente redesenhada, tem peso de apenas 2,8 kg (ou seja, 210 g a menos que o modelo anterior, o E-6000), além de oferecer até 500-watts no pico de potência (com potência nominal de 250W) capaz de levar o ciclista até uma velocidade de 25 km/h, de uma forma dinâmica relacionada a quanta assistência o ciclista necessita.

O design e formato da unidade motriz assemelha-se ao compacto e leve Steps MTB (E8000), com a mesma posição de montagem do parafuso para uma maior rigidez e melhor transferência de potência, mantendo o mesmo Q-factor compacto para facilitar o manuseio da bike e proporcionar um fit mais ergonômico ao ciclista. Além disso, a estrutura interna similar reduz o arrasto/resistência que, combinado às características do novo Modo de Assistência responsivo, dá a unidade motriz E6100, além de uma eficiência motora aumentada, 20% a mais de alcance da bateria do Shimano Steps em distância pedalada.

Estão disponíveis duas versões da Unidade Motriz: uma para um estilo trekking (ou mais off- road), e outra num estilo urbano com um protetor de correntes acoplado. Ambos apresentam variedade de opções de pedivelas, incluindo uma com braço de pedivela de 170 mm, para oferecer uma distância extra do solo, e opção de coroas de 38D ou 44D, oferecendo compatibilidade com correias dentadas Gates. Outras opções de transmissão incluem a possibilidade de utilizar cubos de marcha interna ou cassete e câmbio tradicional, ambos com opção de usar componentes Di2 para mudança de marchas eletrônica.

Opções de exibição de informações

Os ciclistas terão quatro tipos diferentes de opções e display. Há opção de unidade padrão de display Shimano, com um ciclo computador de outras marcas, com seu próprio smartphone em conjunto com um novo aplicativo E-Tube Ride e a nova junção EW-EN100, ou simplesmente utilizando apenas a junção EW-EN100 para um display de informações mais básico.

Com o seu smartphone e a função de uso fácil do aplicativo E-Tube Ride, o ciclista poderá ainda visualizar e customizar o display com todas as métricas importantes para o pedal, como velocidade, cadência, bateria restante, modo de assistência, escolha de marchas e muito mais. Além disso, todas as mensagens do sistema podem ser mostradas nos monitores dos aparelhos de outras marcas e, para o caso dos smartphones, alertas do sistema estarão conectados a um endereço da web para instruções adicionais durante o pedal.

Mas se o ciclista preferir se desligar de tudo isso e pedalar sem smartphone ou ciclo computador, ainda poderá acessar informações necessárias e úteis como nível de bateria e modo de assistência através do display de LED da nova junção EW-EN100, que oferece uma visualização apropriada para pedais mais urbanos.

E6100 urbano

Modos de assistência

Os três modos de assistência principais foram projetados para oferecer diferentes níveis de assistência para diferentes condições de pedalada. Pode-se optar pelo Modo Eco, para uma assistência mais leve e pouco consumo de bateria durante a pedalada. O Modo Normal é para um equilíbrio ideal entre uma assistência responsiva e consumo de bateria ou, o Modo High, para um apoio mais potente, aceleração rápida e alta responsividade para um apoio de até o máximo de 25 km/h de velocidade.

As características destes modos também podem ser ajustadas através do software E-Tube da Shimano, para oferecer tanto um pedal confortável, quanto um nível de responsividade de assistência mais natural, ou, uma versão mais esportiva que poderá oferecer uma assistência mais dinâmica e com maior torque.

Ambas configurações possuem uma resposta intuitiva e potente por meio de um sensor de torque que avalia a pedalada. Isso faz com que o sistema Shimano Steps se pareça mais com a sensação de um pedalar suave, confortável, dinâmico e potente. E mesmo se a bateria ou o Modo de Assistência estiverem desligados, a tecnologia de baixo arrasto do pedivela Shimano proporciona uma ação de pedalada suave e confortável sem que haja resistência da unidade motriz desligada.

Marchas

Shimano Steps já possuía opção de cubo de marcha interna (IHG), o Alfine Inter-11/8 velocidades e o Nexus Inter-8/7 velocidades, além de configuração de câmbio traseiro e cassete. Agora a Shimano oferece também um novo cubo de marcha interna Nexus Inter-5E totalmente dedicado para e-bikes. O Nexus Inter-5E com 60Nm de capacidade foi projetado para lidar com alto torque combinado: do ciclista e do sistema da e-bike, fornecendo melhor performance nas mudanças de marcha para quem pedala uma e-bike. Ele é feito com um sistema selado de marchas, que fica escondido dentro do cubo, para um pedalar fácil e livre, oferecendo aos ciclistas de e-bike uma relação de marchas específica de 263% entre a marcha mais baixa e mais alta.

Assim como nos outros modelos Alfine e Nexus, com o Nexus Inter-5E, os ciclistas terão a opção entre troca de marchas eletrônica ou mecânica. Junto com as vantagens óbvias de um cubo de marchas eletrônico Di2 (menor manutenção, menos esforço nas mudanças de marcha, tocas mais suaves com ajuste do torque do motor durante as trocas), o benefício a mais com o cubo de marchas dedicado é que ele permite uma troca de marchas totalmente automatizada, de forma que o sistema mude de marchas automaticamente, trocando para uma marcha mais forte quando sente que o ciclista está desenvolvendo velocidade e menor esforço e muda para marchas mais leves quando há necessidade, por exemplo, quando se efetua uma parada em farol ou cruzamento, oferecendo uma marcha mais leve para recomeçar a pedalar.

Para ciclistas que preferem o câmbio e cassete tradicionais, esta opção está disponível com um sistema eletrônico Di2 de 11 velocidades, ou um mecânico de 9-, 10- ou 11-velocidades com um câmbio traseiro mecânico compatível. As opções de freio com o Cubo de Marchas Internas Nexus Inter-5E incluem modelos de Freio a Disco, Roller brake, Freio Coaster brake ou Freios V-Brake.

Juntos, estes novos componentes – incluindo a unidade motriz, ciclo computador e a unidade de junção – e as novas funções intuitivas da série Shimano Steps E6100 estarão disponíveis no mercado mundial a partir da metade do segundo semestre de 2018.
 

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados