REVISTA BICICLETA - Muito vento e sol escaldante marcam o primeiro dia do Brasileiro de Ciclismo Masters e Sub-30
MPRO
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 83

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Muito vento e sol escaldante marcam o primeiro dia do Brasileiro de Ciclismo Masters e Sub-30

Competição teve seu primeiro dia de prova Contra Relógio Individual e segue até este domingo, em Teresina

Por
3.761 visualizações

Muito vento e sol escaldante marcam o primeiro dia do Brasileiro de Ciclismo Masters e Sub-30
Foto: © Márcia Cristina

A prova Contra Relógio Individual (CRI) abriu o primeiro dia de competições do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada Masters & Sub-30, na manhã desta sexta-feira (27), no Rodoanel de Teresina, situado na BR-343, no sentido de Fortaleza-Ceará. Com largada às 7 horas da manhã, o evento da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), organizado pela Federação de Ciclismo do Piauí (FCP) reuniu 136 atletas de vários estados do país que largaram de um em um minuto sob sol forte, muito vento e clima seco, fatores que dificultaram muito a competição, principalmente para os atletas do Sul e Sudeste do país, que treinam em condições menos adversas. Ao todo, mais de 360 atletas de todo o país estão em Teresina participando da competição, que segue até domingo com disputas também de Resistência.

Das 12 categorias que disputaram a prova, sete colocaram no lugar mais alto do pódio atletas paulistas. Na prova desta sexta-feira, 12 mulheres disputaram a prova de CRI e a campeã foi uma estreante em Brasileiro, a paulista da cidade de Lorena, Camila Caetano Silva, que fechou o percurso com o tempo de 11min40s; a segunda colocada, Barbara Pittigliani, do Rio de Janeiro, cruzou a linha de chegada com 20 segundos a mais, fechando o tempo de 12 minutos de prova. “Sempre acompanhei os meninos da minha equipe, que são experientes em provas de Brasileiro e venho me dedicando desde o começo do ano para essa prova. Fui campeã paulista há um mês na prova Contra Relógio. Acredito que fiz uma largada melhor que minhas adversárias”, disse a medalhista de ouro e professora de Educação Física, de 29 anos.

O mineiro Fabrício Alves da Fonseca foi o primeiro colocado na categoria Master A-1 na prova Contra Relógio. Fabrício venceu com o tempo de 34 min43s, desempenho muito bom, deixando o medalhista de prata para trás com mais de dois minutos de diferença. Fabrício compete pela terceira vez em um campeonato brasileiro e comemora a boa colocação. “Estou muito feliz com este resultado, no primeiro campeonato fui o vice, campeão no segundo e agora campeão no terceiro. Treinei muito para isso e agora é seguir para a etapa de resistência. Entre as dificuldades, o clima muito quente e muito vento foram as maiores”.

Na categoria Master A-2, o paulista Igor Laguens, 35, foi o campeão, mais um estreante em Brasileiro. “Era meu objetivo vencer um brasileiro há pelo menos três anos, mas somente agora pude participar e deu certo. Acho que eu foquei e segui meu instinto usando corpo e mente, apesar do forte calor e clima seco”, destacou o medalhista de ouro, da Equipe Laguens Rac Fit.

Na categoria Sub-30, o mais rápido foi o paulista Elias Silva com o tempo de 36min23s. O segundo colocado chegou com 34 segundos a mais (36min57s), o piauiense de Teresina Emanuel Rabelo.  “Meu trabalho e estratégia foram manter a minha frequência e não pensar nas dificuldades da prova. Minha equipe MC Assessoria veio com cinco atletas e conquistamos três medalhas de campeão, um terceiro e um quarto lugares”, disse satisfeito Elias, que foi vice-campeão brasileiro Sub-30 em 2016 tanto no CRI quanto na Resistência e 3º colocado no Brasileiro do ano passado na prova de CRI. Já o segundo colocado Emmanuel Rabelo, que completou no dia anterior à disputa 28 anos, comemorou como se fosse campeão.  “É uma vitória do meu Estado, que cresce cada vez mais no ciclismo, é uma vitória pessoal, um grande aprendizado e estou muito feliz, porque nunca corri um brasileiro com tantos atletas de ponta e consegui ser vice-campeão”.

Na Master C-1, o carioca Marcio Pinto Machado comemorou seu 8º título de campeão em campeonatos brasileiros máster. “Já são cinco títulos de CRI e três de Resistência, desde 2001. A importância desse campeonato é que você passa um ano inteiro mantendo o título e ele será sempre seu”, disse o administrador de empresas.  

A abertura do Brasileiro contou com a presença de várias autoridades, entre elas o prefeito de Teresina Firmino Filho, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), Venâncio Cardoso, secretário de Comunicação (Semcom), Fernando Said, secretário municipal de Esportes e Lazer (Semel), Guilherme Berger, e deputada estadual Flora Isabel. 

Para o prefeito Firmino Filho, eventos como esse projetam Teresina no cenário esportivo nacional. “Teresina hoje é capital do Pedal e isso é importante porque todo o ciclismo do país está com os olhos voltados para Teresina. Isso movimenta a economia da cidade. Temos visto esportes como o ciclismo e a corrida ganharem mais adeptos a cada dia e precisamos incentivar isso”, observou.

Os gaúchos marcaram presença em Teresina. Da cidade de Bajé, Leonardo Hendler Hahn, disse que resolveu participar da prova após receber convite de uma equipe da cidade de Novo Hamburgo e reuniu mais três colegas de equipe. “É a primeira vez que participo do brasileiro. Treinei muitos meses para participar, principalmente por causa do calor, mesmo no verão a temperatura lá não é tão alta”.

Para George Rodrigues, presidente da Federação Piauiense de Ciclismo, esse é um momento único para o Piauí. “Esse é um evento que tem que circular por todo o país, mas onde se tem estrutura para fazer. Aqui tivemos esse apoio da Prefeitura que foi fundamental para que conseguíssemos trazer o Campeonato para o Estado”. 

A competição segue neste sábado e domingo com as disputas da Prova de Resistência. Nesses dias, os atletas vão partir do Complexo Turístico Ponte Estaiada. O percurso será 11 km de prova de resistência, com início na Ponte Estaiada, indo até a Ponte Wall Ferraz e retornando para o mesmo local. O evento tem o apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e da Secretaria de Esportes e Lazer (Semel), Audax, Unimed e Newsedam. Os resultados podem ser vistos no site da CBC – www.cbc.esp.br.

RESULTADO PROVA CRI – CAMPEONATO BRASILEIRO DE CICLISMO  DE ESTRADA MASTER & SUB-30 – 27.07.2018

CAT. MASTER A FEMININO
1º - Camila Caetano Silva - SP
2º - Bárbara Ferreira Silva Pittigliani - RJ
3º - Maria do Socorro da Silva Vasconcelos - PI
4º - Luana Gonçalves Ramalho Paiva - PB
5º - Elza Nunes dos Santos – PI
CAT. MASTER B F – 40-49 ANOS
1º - Cristiane Duque Almeida - BA
2º - Paula Almeida Costa de Campos - RJ
3º - Lenise do Nascimento Macedo - RS
4º - Kelly Cristina Serafim - DF
5º - Patrícia Martinez Almeida – MS
CAT. MASTER C F  –  50 +
1º - Tania Maria Ferreira de Medeiros – MA
CAT. MASTER A-1 M – 30-34 ANOS
1º - Fabrício Henrique Alves da Fonseca - MG
2º - Danilo Rocha da Silva - RJ
3º - Jeisel Soares - RS
4º - Ebert Willi Silva - SP
5º - Areno de Miranda Parente Neto - RJ
CAT. MASTER A-2 M – 35-39 ANOS
1º - Igor Krivtzoff Laguens - SP
2º - Alvimanio Augusto das Chagas Silva - RJ
3º - Eder Carmargo Marcelino Amorin - SP
4º - Patrício Pereira Maduro - RJ
5º - Fernando de Andrade Magalhães - SP
CAT. MASTER B-1 M – 40-44 ANOS
1º - Marcello Medeiros Cardoso - SP
2º - Thiago Serralha Franco - MG
3º - Franklin Gomes de Almeida - BA
4º - Anderson Zomer - SC
5º - Robson Gonçalves dos Santos – DF
CAT. MASTER B-2 - 45-49 ANOS
1º - Roniberto Scomparim - SP
2º - Alexandre Riquelme da Rocha Cruz - SP
3º - Jorge Angelo Camparata Nisinaga - RJ
4º - Wanderson Breder -
5º - Jorge Pereira de Almeida - BA
CAT. MASTER C-1 M – 50-54 ANOS
1º - Marcio Pinto Machado - RJ
2º - Rosnei Marcelo Grotewold - SP
3º - Vilmar de Souza - SC
4º - Claudio Alberto Gabriel Guimarães - MA
5º - Almir Antonio Krein
CAT. MASTER C-2 M – 55-59 ANOS
1º - Joacir José Gatuzo - RS
2º - Fernando Garcia - RS
3º - Elias do Nascimento Silva - GO
4º - Edinei Bispo dos Santos - BA
5º - Valfredo de Macedo Oliveira - BA
CAT. MASTER D1 – 60-64 ANOS
1º - João Batista Maglio - SP
2º - José Lito Soares Moura - CE
3º - Guaracy Fernandes Bezerra - RJ
4º - Philipe Denis Blaser - GO
5º - José de Oliveira Souza Júnior - PI
CAT. MASTER D-2 – 65 +
1º - Darmes Vencato Labatut - RS
2º - Ricardo Venturelli  Gonçalves - SP
3º - João de Deus Soares Filho - PI
4º - Graziani Gerbasi Fonsêca - PI
CAT. SUB-30 M
1º - Elias Silva - SP
2º - Emanuel de Jesus Costa Rabelo - PI
3º - Thyago Costa Silva - PE
4º - Lucas Melo de Carvalho Mota - PI
5º - Valdir Ferreira Junior - RJ

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados