REVISTA BICICLETA - Número de mulheres no bicicletário Araribóia, em Niterói, cresce 30%
MPRO
Capacetes Giro

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 86

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Número de mulheres no bicicletário Araribóia, em Niterói, cresce 30%

Equipamento ganhou 30 novas vagas, mas vive lotado e comércio de bicicletas segue aquecido em Niterói

726 visualizações

Número de mulheres no bicicletário Araribóia, em Niterói, cresce 30%
A educadora Júlia Rocha, de 21 anos, no bicicletário do Centro: “Se o tempo está bom, não penso duas vezes em vir de bicicleta no caminho que faço de Icaraí para o Centro”, diz ela
Foto: © Roberto Moreyra / Agência O Globo

Em alguns locais da cidade, as bicicletas estão em toda as partes, e com a presença cada vez maior de mulheres pedalando. Um levantamento feito pelo programa Niterói de Bicicleta comprova a adesão delas ao transporte: o aumento da frequência feminina no bicicletário na Praça Araribóia, no Centro, foi de 30% este ano. Com mais de cinco mil cadastrados, o equipamento, que funciona desde março do ano passado ao lado da Estação da Barcas, ganhou mais 30 vagas no último mês e agora opera com 446, todas lotadas diariamente.

A pesquisa mostra que 31,9% dos usuários do bicicletário passaram a pedalar há pouco mais de um ano. Enquanto isso, o comércio voltado ao setor se expande na cidade. Num ponto nobre de Icaraí que abrigava uma tradicional revendedora de carros hoje fica uma loja voltada exclusivamente para as magrelas.

Inaugurada há menos de um mês, a filial da Garage Bike — que é a segunda loja da rede, mas é bem maior do que a primeira — abriu as portas na esquina da Avenida Roberto Silveira com a Rua Castilho França, a poucos metros da matriz, e onde até pouco tempo atrás funcionava uma farmácia, mas que durante anos foi ponto de venda de automóveis. Segundo José Carlos Costa Vieira, um dos sócios da loja, o novo negócio foi uma oportunidade.

— Nosso movimento não para de crescer, porque as pessoas estão se convencendo da praticidade e da mobilidade maior da bicicleta em relação ao carro, principalmente aqui em Icaraí, onde há poucas vagas de estacionamento — explica o mecânico de bicicletas, que também observa maior participação das mulheres. — Elas estão perdendo o medo. No começo, os clientes eram mais os homens, mas agora elas estão vindo também comprar.

A educadora Júlia Rocha, de 21 anos, é uma das que passaram a fazer parte dessa estatística. Há cerca de um ano e meio, ela começou a usar a bicicleta eventualmente para alguns trajetos. Recentemente, passou a pedalar todo dia.

— Se o tempo está bom, não penso duas vezes em vir de bicicleta no caminho que faço diariamente de Icaraí para o Centro. É muito mais prático — considera.

A mesma coisa tem feito a estudante de Cinema Ana Luísa Vieira, de 22 anos, que aderiu à bicicleta há cinco meses. Desde então, ela para sua magrela no bicicletário do Centro diariamente.

— É seguro porque tem um controle e não entra qualquer um, só pessoas cadastradas. Ainda falta um pouco mais de segurança nas ruas, mais respeito dos motoristas. Aos poucos, vamos conquistando nosso espaço — disse ela, enquanto esperava uma vaga para guardar sua bicicleta na Praça Araribóia. — Está sempre cheia, mas vale a espera.

De acordo com a prefeitura, a lotação do bicicletário foi minimizada com a criação de 30 novas vagas , “reduzindo os períodos de espera dos usuários”, diz, em nota.

Novos totens para pequenos reparos

O ciclista que estiver pedalando pela cidade e tiver problemas com pneus vazios ou corrente frouxa conta, agora, com totens que oferecem ferramentas para reparos. A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos iniciou há um mês a instalação de nove equipamentos: na Praia de Icaraí, no bicicletário Araribóia, no Caminho Niemeyer, na Estrada Caetano Monteiro, no Horto de Itaipu, no Largo da Batalha, na Estrada Francisco da Cruz Nunes (em frente ao Cisp), na Praça Nilo Peçanha (próximo ao Solar do Jambeiro) e na Praça Vital Brazil.

Nos totens há chave inglesa ajustável, extrator/instalador de pino de corrente, chave de raios universal, jogo de espátulas para pneus, bomba de encher acionada por pedal com mangueira flexível e manômetro, chave de fenda cruzada e chave de fenda simples.

Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados