REVISTA BICICLETA - Um novo destino para o cicloturismo
MPRO
Lube Cera Premium

O Portal
da Bicicleta

SHIMANO
Revista Bicicleta - Edição 83

Leia

Revista
Bicicleta



Notícias

Um novo destino para o cicloturismo

Roteiro construído a partir da união entre micro e pequenas empresas na região de Pelotas e Morro Redondo integra viagem, educação ecológica e esporte

Por Sebrae RS
5.920 visualizações

Um novo destino para o cicloturismo
Roteiro turístico que conecta esporte e natureza será lançado no próximo dia 09 de maio
Foto: Sebrae RS

A primeira via latino-americana de cicloturismo com experiência ecológica organizada vai ser lançada no dia 9 de maio, na Cervejaria Original Bier (Rua Tamandaré, nº 52), em Pelotas. Entre 18h30 e 20h30, empreendedores de diversas micro e pequenas empresas vão apresentar o roteiro que conecta esporte e natureza: o Via Ecológica Serra dos Tapes. Seu traçado é ideal para ser realizado de bicicleta, agregando conhecimento, educação, sustentabilidade e diversão, além de possibilitar grande potencial de desenvolvimento para as comunidades das cidades de Pelotas e de Morro Redondo.

Ligado ao Projeto Costa Doce Natureza, coordenado pelo Sebrae RS, o Via Ecológica Serra dos Tapes chega para conquistar um público crescente em todo o Brasil. As prefeituras de Pelotas e de Morro Redondo, além da empresa Ecosul – concessionária de rodovias, também apoiaram as ações para a formação da Via Ecológica tal como um roteiro de aventura, passeio e contato com a natureza. Durante as consultorias aos empreendimentos participantes, a maioria recebeu treinamento e orientações voltadas ao público-alvo, como adequação para oferecer equipamentos e itens para quem usa bicicleta, alimentação correta para esportistas, didática para ensinar sobre plantio sustentável, cuidados com a natureza, gestão empresarial, etc.

Conforme a gestora do projeto pelo Sebrae RS, Jussara Cruz Argoud, o roteiro de 114 km percorre estradas e trilhas que conectam propriedades rurais, hotéis, pousadas, cafés, comércio e serviços de maneira que os viajantes e seus acompanhantes estejam seguros e possam vivenciar situações realmente diferenciadas dos ambientes urbanos. “É um prazer acompanhar a transformação de vários pequenos negócios que, em conjunto, terão motivação e engajamento para proporcionar aos turistas tudo aquilo que eles esperam e ainda surpreendê-los. Para muitos empreendedores é um sonho concretizado”, avalia ela.

Depois de pesquisas sobre o trajeto e um trabalho intenso de campo para organizar uma lógica turística, a rota do passeio recebeu sinalização específica e foram reforçadas junto a alguns produtores rurais as ideias de prioridades para itens típicos regionais. Sendo assim, a Via Ecológica deve contribuir para a consolidação da Serra dos Tapes, na região Costa Doce, entre os principais destinos cicloturísticos do Brasil. “A inovação baseia-se na formatação de um produto turístico com base em princípios, experiências e práticas ecológicas que exploram a sensibilidade, (in)formação e consciência ambiental de empreendedores, gestores, comunidade e visitantes envolvidos”, explica Jussara.

Entre os idealizadores do projeto, o biólogo Leandro Karam, que já praticava o cicloturismo há alguns anos, diz que a intenção inicial de criar um roteiro dessa natureza cresceu por existir enorme demanda por destinos diferenciados e conscientes em preservação ambiental. “Além disso, para quem é adepto da prática da bicicleta em trilhas ou estradas de chão é bem mais interessante a atividade quando ela é acompanhada de oportunidades sociais, encontros, troca de conhecimento, lazer e cultura”, acredita. Ele é o diretor da Pedal Curticeira, empresa responsável pela venda e organização dos pacotes ou eventos na Via Ecológica Serra dos Tapes.

A partir do lançamento, interessados poderão adquirir o kit básico composto de um passaporte (que deverá ser carimbado nos empreendimentos visitados), uma carta de navegação, um mapa detalhado do percurso, o certificado em branco (que será homologado ao final da viagem) e materiais promocionais de parceiros, apoiadores e patrocinadores, incluindo camisetas. “Os valores serão divulgados no dia do evento de lançamento. Uma vez que o viajante adquira o kit, ele poderá contar com serviço de orientação e suporte via telefone/whatsapp, durante a viagem”, conta. O roteiro como um todo pode ser classificado como “autoguiado”, pois, as estradas, afinal, são públicas. “A diferença é que a partir da consolidação do Via Ecológica Serra dos Tapes, os viajantes conseguem reservar hotéis, pousadas, cafés e ter demais facilidades de modo profissional”. Entre as possibilidades para percorrer os 114 km, foram montados três trechos: o primeiro com 36 km e até 1000m de subidas acumuladas, o segundo com 44 km e 1000m de subidas acumuladas e o terceiro com 35 km e 1.100m de subidas acumuladas. Há também a possibilidade de grupos ou turistas solicitarem guias e carros de apoio para os percursos.

As empresas integrantes da Via Ecológica são: Casa Grupelli, Café Colonial Paiol, Hotel Fiss, Restaurante Cascata Colonial, Recanto Negrinho do Pastoreio Gastronomia e Lazer, Sítio Amoreza, Família Jung, Propriedade Agroflorestal Schiavon e Pedal Curticeira. Todas as informações e reservas online poderão ser feiras no site a ser inaugurado: www.serradostapes.com.br

Confira a programação do evento de lançamento:

18:30 às 19:30
– Bate-papo sobre BIKE FIT e ERGONOMIA na bicicleta, com Raclen Betemps (Bike Fiter);
– TOUR histórico nas dependências internas da Cervejaria Original Bier, com Valter Poech;
– Visita à HORTA URBANA e bate-papo com Clauber Manske (cervejeiro) sobre agricultura urbana, a cultura do lúpulo e o processo de produção artesanal de cerveja.

19:30 às 20:30
– Abertura oficial do evento por representantes das prefeituras de Pelotas, Morro Redondo, Ecosul e Sebrae;
– Apresentação da VIA ECOLÓGICA SERRA DOS TAPES-RS DE CICLOTURISMO, com Leandro Karam (Pedal Curticeira);
– Apresentação do VÍDEO INSTITUCIONAL de lançamento da Via Ecológica Serra dos Tapes-RS, produzido pela produtora Nomos.
– Degustação de produtos coloniais;

Pós 20:30
– Happy Hour
– Cerveja artesanal
– Natural Burguer
– Exposição de bicicletas Cannondale & Caloi

QUER IR DE BIKE?
– Saída as 18h, em grupo, da loja JL Casarin (Av. Bento Gonçalves, esquina Deodoro). Pelotas – RS

 
Comentários Facebook
Comentários
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Para postar seu comentário faça seu login abaixo.

E-mail
Senha

 

Cadastre-se Aqui | Esqueceu a senha?

Edições On-lineCadastre-se Esqueceu a senha?
E-mail
Senha
Revista Bicicleta 2012 © Todos os Direitos Reservados